FANDOM


Download 50.jpg
Estaçao de tratamento ete.png

Estação de Tratamento de Esgoto - ETE Arrudas


Os serviços prestados pela Copasa na capital mineira foi um dos responsável para colocar Belo Horizonte como a segunda melhor em saneamento básico, atrás apenas de Brasília. Além disto, B.H será a que precisará de menos investimentos para universalizar o acesso à coleta de esgoto e para tratar a totalidade dos efluentes coletados
Estação de Tratamento de Esgoto - ETE Arrudas  
Na pesquisa Intitulada “Gol do saneamento: como atingir a meta da universalização até a Copa 2014”, realizada pelo Instituto Trata Brasil, foram analisadas as necessidades de investimentos no setor nas 12 cidades que vão sediar jogos da Copa do Mundo de futebol em 2014.
Toda a água distribuída pela Copasa em BH já é tratada. O documento estima em R$ 317 milhões o valor necessário para a capital mineira atingir a meta. Os maiores investimentos teriam que ser feitos em São Paulo (R$ 2,07 bilhões), Rio de Janeiro (R$ 1,48 bilhão) e Manaus (R$ 1,41 bilhão).
Outras quatro cidades atendidas pela Copasa integram o ranking nacional, em outro estudo apresentado pelo Instituto Trata Brasil, esta semana, onde foram  analisados 81 municípios que tem mais de 300 mil habitantes e o bom desempenho dos cinco atendidos pela Copasa - Belo Horizonte, Contagem, Betim, Montes Claros e Ribeirão das Neves - comprova a qualidade do trabalho que a empresa vem desenvolvendo nestas regiões. 
De acordo com este estudo, Belo Horizonte ocupa a 10ª posição entre as melhores cidades brasileiras em saneamento básico. A lista considerou, dentre outros quesitos, fornecimento de água, coleta e tratamento de esgoto e coleta de lixo em 2008. Em relação ao ano anterior, a capital ganhou três posições.
As outras quatro cidades mineiras atendidas pela Copasa também evoluíram no ranking. Montes Claros pulou do 40º para o 21º lugar; Contagem, do 28º para o 23º; Betim, do 58º para o 53º e Ribeirão das Neves do 61º para o 60º. 
O estudo considerou a população total atendida com água tratada e com rede de esgoto; o tratamento de esgoto por água consumida e o índice total de perda de água tratada (o que demonstra a eficiência do operador), entre outros indicadores. Os dados foram coletados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e analisados por especialistas do próprio instituto e da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória