FANDOM



Universidade Federal de Minas Gerais, através do Departamento de Sociologia e Antropologia vem, desde a década de 1980, pesquisando e formando pessoal especializado na área de criminalidade e segurança pública. A história da UFMG, nesse campo, mistura-se e confunde-se mesmo com a história do conhecimento científico da criminalidade, da violência e do estudo das organizações policiais. Não só o pioneirismo, mas também o volume e a qualidade dos trabalhos desenvolvidos tornaram o Departamento de Sociologia e Antropologia um referencial nacional no que se diz respeito à análise e ao desenvolvimento de iniciativas voltadas para o estudo da violência e da criminalidade no Brasil.

Em 1996, já como decorrência de um vasto conhecimento adquirido na área, e das demandas sociais que se apresentavam constantemente, foi criado na UFMG, o Centro de Estudos de Criminalidade e Segurança Pública (CRISP), herdeiro departamental dessa tradição de estudos sobre violência e criminalidade. O Centro é composto por um grupo de pesquisa, e, sendo seu objeto de estudo um fenômeno interdisciplinar e multidisciplinar, ele também é composto por pesquisadores oriundos de diferentes backgrounds: sociologia, estatística, ciência da computação, economia, filosofia, pedagogia, medicina.
O CRISP conquistou, ao longo dos últimos anos, um lugar de destaque no meio acadêmico pela excelência de suas pesquisas e produções técnico-científicas.

FONTE:http://www.crisp.ufmg.br/inicial/sobre/apresentacao/

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória