FANDOM


====Taxa de desemprego em Belo Horizonte sobe para 7,2% em setembro, aponta Dieese.
Desemprego

Pessoas desempregadas

A Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED-RMBH) referente ao mês de setembro de 2013 apontou que a taxa de desemprego na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) apresentou ligeiro aumento ao passar dos 6,9% registrados em agosto para 7,2% da População Economicamente Ativa (PEA). Neste período, verificou-se crescimento no contingente de ocupados (11 mil) e de pessoas à procura de trabalho (19 mil), o que resultou no incremento do número de desempregados (8 mil) na RMBH. Os dados foram divulgados na manhã desta quarta-feira pela Fundação João Pinheiro, Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego (Sete), Dieese e Fundação Seade.====

Segundo o coordenador técnico da pesquisa pela Fundação João Pinheiro, Plínio Campos, o aumento da taxa de desemprego no mês de setembro deve-se ao forte crescimento do número de pessoas retornando ao mercado de trabalho. “Os 11 mil postos gerados foram insuficientes para absorver a quantidade de pessoas procurando emprego. A nossa expectativa é que nos próximos meses o aquecimento da economia, principalmente no setor do comércio, colabore para a redução dessa taxa” , observou. Editar

De acordo com a pesquisa, o tempo médio de procura por trabalho despendido pelos desempregados foi de 24 semanas, igual ao mês anterior. A taxa de participação, que se refere à proporção de pessoas com dez anos e mais de idade inseridas no mercado de trabalho, passou de 58,2% em agosto, para 58,6%.Editar

A pesquisa também apontou um leve crescimento de 0,5% no número de ocupados em relação ao mês anterior, totalizando 2.325 mil trabalhadores. O contingente de trabalhadores aumentou no setor de comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas (15 mil, ou 3,7%) e se manteve estável no setor de serviços. Na construção, houve uma ligeira redução de 1 mil (0,5%) e na indústria de transformação de 1 mil (0,3%).   “O incremento de vagas no comércio é explicado pela antecipação das contratações temporárias para treinamento da mão de obra para as vendas nos três últimos meses do ano”, explicou Campos.Editar

O número de postos de trabalho entre os assalariados aumentou (12 mil), como resultado do acréscimo de contratações no setor privado (10 mil) e, em menor intensidade, no setor público (2 mil). Na área privada, o resultado positivo é justificado pelo incremento do número de assalariados com registro em carteira (14 mil) e redução dos profissionais sem carteira (4 mil). Entre os autônomos, observou-se uma diminuição do contingente (5 mil). No entanto, constatou-se um acréscimo do número de ocupados classificados nas “demais posições ocupacionais” (5 mil). Já o grupo de empregados domésticos manteve relativa estabilidade (-1 mil).Editar

2012 x 2013 (Comparação)Editar

Na comparação entre os meses de setembro de 2012 e de 2013, a taxa de desemprego total na RMBH aumentou de 5,1% para os atuais 7,2%. O nível ocupacional cresceu 3,4%. Foram registrados acréscimos de postos de trabalho no setor de serviços (42 mil, ou 3,3%), na indústria de transformação (22 mil, ou 7,4%), no comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas (18 mil, ou 4,4%) e na construção (7 mil, ou 3,4%).Editar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória