FANDOM


 No Brasil (e no mundo) temos vários tipos de profissões: engenheiros, músicos, médicos, etc. Isso é muito bom, e o governo investe nesse tipo de ensino, que é o superior. Mas o governo deve investir também em outros tipos: como o médio-técnico.

O ensino médio-técnico é um tipo de aprendizado onde o adolescente faz o médio e o técnico juntos. No final, ele recebe um diploma de técnico e, dependendo da instituição, o de médio. Esse aprendizado é muito bom, pois forma pessoas especializadas, com prática e domínio do assunto (como o próprio nome diz, com técnica). Isso faz com que esses técnicos já possam trabalhar, e no final teremos pessoas bastante capacitadas que não precisam cursar o ensino superior.

E o mercado de trabalho gosta dessa forma de ensino porque cria bons técnicos jovens e especializados. Sendo bom para o mercado, é bom para o país, já que terá um grande desenvolvimento técnico.

O problema é que muitas pessoas acham que esse tipo de aprendizado, se realmente investido e implantado, fará com que o país só crie técnico e perca outras coisas (não técnicas). Isso não é verdade, pois quem cursar o ensino médio-técnico e não quiser ser técnico, pode cursar o superior, já que terá aprendido também o médio.

Contudo, faríamos os alunos que não quiserem ser técnico estudarem muito. Por isso, proponho que devamos investir nesse ensino, e dar a opção de escolha para os alunos. Assim, o aluno pode optar se vai para uma escola de ensino técnico ou não.



Escolatecnica

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória